Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Qual a hora certa para amar, ser feliz e fazer os outros felizes? A pergunta poderia parecer complexa, mas para o Instituto Beatriz e Lauro Fiuza (IBLF) ela é simples: o instante presente. Sob o lema "O amor é agora", a instituição lança campanha para arrecadar fundos para seguir com suas atividades de apoio a centenas de famílias em Fortaleza.

Com 630 alunos espalhados por diferentes bairros da Capital, o IBLF estará em campanha entre os dias 12 de abril e 6 de maio, quando estará recebendo doações em busca de preservar sua atuação com o ensino da música e do karatê em zonas de vulnerabilidade social da cidade, assim como atendimento social às famílias de todos os alunos. (Dados bancários abaixo).

Com o ensino da arte e do esporte desde 2012, a entidade passou a realizar suas atividades de maneira remota, sempre com o intuito de ampliar as perspectivas de futuro de seus alunos, a partir do início do isolamento social causado pela Covid-19 no Ceará. Passou também a distribuir alimentos, artigos de limpeza e higiene pessoal em diferentes momentos, por meio de parcerias e doações.

"Não há nenhuma perspectiva (de futuro) na fome. Então a gente precisa agir para suprir as demandas básicas das pessoas neste momento de crise, principalmente aquelas que vivem em zonas de risco e que foram afetadas duramente pela pandemia. Estamos olhando pras famílias de forma integral, buscando dar apoio às demandas mais básicas, mas focando principalmente na continuidade da formação das crianças e adolescentes", alerta Bia Fiuza, diretora institucional do IBLF.

De maneira remota desde o começo da pandemia, a entidade tem mantido sua presença próxima às famílias, com acompanhamento psico-social e doação de cestas básicas – além das aulas virtuais. Mas agora o IBLF tem convocado a força e ajuda de diferentes setores e atores da sociedade para poder dar continuidade na sua atuação em regiões de alta vulnerabilidade de Fortaleza.


Celebrar e fortalecer o papel das mães

Ao longo do período da campanha "O amor é agora" o IBLF também vai aproveitar para celebrar as mães, que são as grandes responsáveis por colocarem, manterem e incentivarem seus filhos a permanecer na instituição, e que mesmo neste período de crise estão "segurando as pontas dentro de casa", sempre olhando para frente e resistindo às dificuldades.

Com intuito de apresentar novos horizontes às crianças e aos adolescentes atendidos, a Instituição viu nos últimos nove anos diferentes histórias surgirem e criarem asas para ganhar o Brasil e o mundo. Exemplos não faltam de alunos que, a partir de seu ingresso no IBLF, conseguiram ascender a vagas em universidades e em postos de trabalho.

Mãe de Nicolas e Nathália, Eranilda Moreira menciona a importância do IBLF para ampliar as perspectivas dos filhos. "O Instituto tem ajudado muito na formação de meus filhos ao longo de todos os anos em que eles estão lá", afirma.

Tendo matriculado Nathália no IBLF há quase sete anos, Eranilda celebra hoje o suporte criado a partir da iniciação musical que levou sua filha a alçar grandes voos. "A base que ela criou no Instituto lhe ajuda muito a desenvolver as atividades que ela tem hoje, como cursar uma faculdade e trabalhar. Tenho muito a agradecer", enfatiza.


Live com participação especial de Marcos Lessa, Marina de la Riva, Waldonys e Marília Fiuza

Depoimentos como o de Eranilda serão compartilhados nas redes sociais do Instituto entre 12 de abril e 6 de maio. Para este último dia, inclusive, está programada uma live que será apresentada pela diretora institucional do IBLF, Bia Fiuza, e pela coaching especializada no mundo corporativo, Marília Fiuza.

A transmissão, que acontece a partir das 19 horas, contará ainda com apresentações musicais de Waldonys, Marina de la Riva (SP) e Marcos Lessa. E contará com os depoimentos de mulheres como Emília Buarque, Joana Ramalho, Tia Ped, Ticiana Rolim e das mães de alunos do IBLF.


Doações
Banco Itaú: Código 341
Agência: 8789
C/C: 31.803-0
Instituto Beatriz e Lauro Fiuza
CNPJ (PIX): 16.572.671/0001-67

Informações
Bia Fiuza
Diretora Institucional do IBLF
85 991816000
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.